RELATÓRIO MAISON & OBJET
Relatório Maison & Objet Janeiro de 21 a 25 de 2011.
Imprensa: Equipe da Elizabeth Leriche

Imprensa: Equipe da Elizabeth Leriche designer francesa que lança as tendências em um hall especial.  Foram selecionadas as Peças da Jane Benutti e fotografadas como tendência 2012.  Peças em cerâmica estampadas em renda brasileira.

 

Influencias 2011-2012.

 

Nessa edição o hall do qual ela era a responsável foi :

Haute Tension > hall 2 Conception: Elizabeth Leriche.

We are requisitioning all the senses in order to experience moments of intensity and intensified emotions. Design is blowing hot and cold, modulating between heavy and light, varying the intensity of light and colors, increasing the tactile effects of surprising materials. Scents and sounds are stimulating the sensorial and the sensitive. A techno-poetry is ushering in enriched well-being and heightened sensuality. Another world, intense and thrilling, is on the horizon.

 

IMPRENSA:

Revista Export do Brasil nos entrevistou e fotografou o stand.

Casa Claudia de Lisboa fotografou as peças da Carla Carvalho cod 005 e Centopéia.  Fará uma matéria com idéias inovadoras.

Elle Decor da India fotografou Andrea Bueno os Espiritos Santos, A Caixa de Fósforo da Desfiacoco.

Edipress Hong Kong Fotografou o stand.

 

 

Paris Nord Villepinte

Horário:

de 9h30 à 19h00, último dia fecha as18h00

 

Parc des Expositions de Paris Nord Villepinte

Halls 1, 2, 3, 4, 5A, 5B, 5C, 6, et 7A et 7B

 

Setores :

Hall 1. ethnic chic.MIC

Hall 2. textil

Hall 3. mesa

Hall 4. Espaço

Halls 4 & 5A. côté déco

Halls 5A & 6. Acessorios de casa

Hall 6.  Paises

Hall 5B Cenas de Interior

Hall 5B. MAISON&OBJET editores

Hall 5C. MAISON&OBJET I projetos I

Hall 5C : Moveis

Halls 7A & 7B. now! design à vivre ( novos designers)

 

 

Origem dos visitantes estrangeiros no stand da ARTEST:

 

Itália : 10

Belgium : 5

Great Britain : 10

Germany : 3

Japan : 11

Switzerland : 1

Espanha : 1

Holanda : 1

USA : 9

Rússia : 1

França: 43

Israel: 1

Noruega: 1

Grécia: 8

Arábia Saudita: 9

Áustria: 1

Coréia: 1

Singapura: 1

Turquia: 4

Taiwan: 2

Líbano: 4

China: 4

Bélgica: 3

Letonia:2

 

 

Dados da feira:

 

ITALY ....................................   6 899     18%

BELGIUM ............................... 3 406     9%

GREAT BRITAIN .....................  3 393     9%

GERMANY .............................  2 988     8%

SWITZERLAND ......................   2 066     5%

SPAIN .................................... 1 887     5%

JAPAN ..................................   1 852     5%

NETHERLANDS .....................    1 605     4%

USA .................  .....................                1 599     4%

RUSSIA .................................   1 398     4%

 

 

O mundo inteiro na Maison & Objet

 

Com participação recorde de compradores de exportação no exterior (Japão + 42%, EUA + 25%, a Rússia + 29%) e uma análise cada vez mais indo em direção a um equilíbrio entre os visitantes franceses e estrangeiros, Maison & Objet  agora definitivamente toma o seu lugar como  pólo mundial para a moda em casa em Paris, Capitale de la Création. Sua estratégia de longo prazo, com base em uma oferta de alta qualidade, criatividade, e a convergência das artes, antecipa as expectativas de todos: a dos compradores mais exigentes, os especialista  e para o consumidor final procura excelência e modernidade.

 

85.098 VISITANTES PROFISSIONAL

(Excluindo institucional e revisita)

• França: 45.953 (54% dos visitantes)

• Internacional: 39.145 (46% dos visitantes)

 

64% dos compradores

- Revendedores: 49%

Os compradores independentes 37%, conceito de loja de 8%,

lojas de varejo de 4%.

- Lojas de Departamento Central / merchandising: 16%

As lojas de departamento de 4%, 4% central de merchandising, vendas e-commerce /-mail para 4%, loja de departamento especializado em 2%, hipermercados / supermercados 1%, a compra de escritório (o único clube) 1%.

- Fabricantes / Importadores: 14%

artesão fabricante / importador de 8%, 6%.

- Especializada pontos de venda: 12%

Floriculturas / Jardim de 5%, 3% decoradores, galerias de arte e antiguidades concessionários de 2%, farmácia / perfumaria / Instituto de Beleza 1%, museu / lojas de presentes do museu 1%.

- Atacadistas: 7%

- Outro: 2%

Comunicação institucional / / evento de 1%,

administração pública / coletividades 1%.

especificadores de 36%

 

- Dividida entre as seguintes funções: designer designer de interiores / decorador de 33%, 21%, a agência / hotel diretor de 19%, 9% Certified Architect, diretor de arte de 5%, 4% estilista, chef e gerente do restaurante de 4%, consultor de 3%, % arquivista 1, paisagista 1%.

- Trabalho nos seguintes contextos: Independentes 26%, 23% empresas de arquitetura, agências de design de 23%, os hotéis de 9%, 7% consultorias, agências imobiliárias desenvolvedoras / propriedade de 7%, os restaurantes de 5%.

 

3.551 jornalistas:

• França 2345 • Internacional 1206

 

Pontos fortes:

 

Os produtos mais apreciados foram as garrafas artesanais feita em resina, da artista Francisca Junqueira, seguido dos potes de piaçava e coco da Carla Carvalho, e as mesas fósforos da Desfiacoco. 

Optamos por usar todo o stand distribuindo os produtos de forma diferente, o que trouxe um conceito mais intimista ao stand, com aprovação dos clientes.

 

O cliente nesta edição tem um perfil bem distinto das demais feiras, permitindo com isso novos contatos aumentando o mailing com clientes que estão nos visitando pela primeira vez, de países distintos.

 

Na Maison foram apresentados trabalhos de 11 associados, tendo uma quantidade maior de produtos de cada um, o que resultou em um visual mais harmônico reforçando o produto apresentado.

 

Mais uma vez fomos visitados pela imprensa de tendências, Elizabeth Leriche uma das designers de tendências mais influentes na Europa, responsável pelo pavilhão de tendências da feira Maison & Objet.   Os produtos selecionados e fotografados como tendência foram os quadros da artista Maria Izabel Santta Cecilia, os pratos de cerâmica estampados com renda brasileira da Jane Benutti e os quadros do Cícero.

 

O volume de pedidos tirados na feira foi de 40.000,00 euros.

Estamos prospectando em 12 meses um montante de uns 60.000,00 euros.

 

  

Pontos fracos

 

A falta  de orçamento para o frete das mercadorias, é um ponto que enfraquece a mudança do portfólio , fator que aumentariam as vendas significativamente.

Mais Fotos:
Imprensa da feira fotografando o stand
Stand
Compradores
Mapa da feira
02/03/2011
Makex - Web Sites em LondrinaMakex - Desenvolvimento de Web Sites